Posts Tagged ‘Two Hands and Tapping’

SATCH BOOGIE – Álbum Surfing With the Alien (1987)
Para comemorar o aniversário de 25 anos de “Surfing With the Alien”, um clássico da guitarra instrumental de todos os tempos e tocar junto com um backingtrack feito sob medida, trazemos a transcrição de “Satch Boogie”. Richard Barret (guitar instructor de GT Magazine) é o seu guia interplanetário … portanto coloque cordas novas  e boas palhetadas!

(mais…)

Anúncios

15 Greatest Tapping Licks
Nesta serie Guthrie Govan [guitar instructor] do GT Magazine mostra como esta técnica muitas vezes incompreendida pode ser adicionada ao seu vocabulário de guitarra para aplicar seja no rock, blues, country, metal ou qualquer outra coisa… O Tapping rendeu um nome negativo para alguns tocadores, talvez orgulhando-se de sua tonalidade, sabor e sensibilidade, tendem a descartar tudo tocando apenas no território do Hair-Metal – Guitar Hero, como uma técnica adequada somente para perpetrar os piores tipos possíveis de exageros, histrionismos dissonantes, de preferência tocados através de uma parede de amplificadores que “vão até o teto”.

(mais…)

Este exercíco é um clássico Randy Rhoads style, e a seção de solo foi construída sobre uma progressão de acordes em estilo barroco, (chords popular baroque) que se move em intervalos de quarta (IV), antes de cair no acorde “V” pronto para voltar ao “I”. Então, em Lá menor temos a sequência dos acordes Am, Dm, G, C, F, Bm7/5b e E. A terceira maior (G#) encontrada no acorde “E” nos permite usar a escala de “Am” harmônica (A B C D E F G#). Os tapping/arpeggios digitados na seção de solo servem para descrever os tons de acordes (chord tones), que é algo que Rhoads (e EVH) empregam com grande efeito. A parte rítmica é bastante fácil de desempenhar, mas você precisa ser preciso com a direção e no palm muting. Uma pegada bastante agressiva (agressive picking) será útil, bem como com a parte rítmica de guitarra.

(mais…)

Música: Eruption    Guitarrista: Eddie Van Halen   Banda: Van Halen   Álbum: Van Halen  Ano: 1978

D i s s e c a n d o   E r u p t i o n

Eddie Van Halen

Dissecando

Aparentemente, a gravação de “Eruption” aconteceu espontaneamente… Eddie estava “aquecendo” para a gravação em estúdio no início de um dia, quando o produtor Ted Templeman ouviu o guitarrista. Ted se encantou tanto com o que ele ouviu, que exigiu que ele gravasse o solo naquele mesmo momento e formato. Eddie rapidamente depois de gravar uma “eruption” acabou por colocar esta  trilha no álbum.

Eddie diz: “Eu não sabia sequer reproduzi-la direito . Há um erro no final da mesma.”

Até hoje sempre que ouço isso eu sempre penso, “Homem, eu poderia tê-la tocado melhor.”

eddie-van-halen_80

A família Van Halen era uma família de músicos. O pai de Edward e Alex tocava clarinete, e os dois aprenderam a tocar piano (clássico) desde cedo. Mais tarde, resolveram trocar o instrumento por uma guitarra e uma bateria.

O curioso é que Eddie tocava bateria e Alex, guitarra! Com o tempo, Alex se interessou pela bateria e logo estava tocando melhor que o irmão, que decidiu ir tocar a guitarra. Troca maravilhosa se pensarmos nos músicos em que se tornaram.

http://guitar.about.com/

Página Oficial
http://www.van-halen.com/

Transcrição
http://www.guitarclass.com.br/materia/30/eruption.htm


Baixe p/GuitarPro


***********************

Learn Van Halen ERUPTION by PeterThorn.com

Part 1 of 05

Learn Van Halen ERUPTION by PeterThorn.com

Part 2 of 05

Learn Van Halen ERUPTION by PeterThorn.com

Part 3 of 05

Learn Van Halen ERUPTION by PeterThorn.com

Part 4 of 05

Learn Van Halen ERUPTION by PeterThorn.com

Part 5 of 05

E d d i e    V a n    H a l e n    –    E r u p t i o n    –    L i v e

***************

http://www.primeirosacordes.com.br/index.php?optiode-guitarra&Itemid=97



Lick Library é um premiadíssimo método de ensino com uma grande comunidade de músicos ideal para quem quer ter domínio sobre o instrumento. Video-aulas em DVDs de alta definição com perfeição na execução de cada nota tocada, permitindo, sem maiores dificuldades, que o guitarrista assimile as lições passo a passo, e tudo isso entre as mais variadas técnicas para guitarra/Bass/Drums.   http://www.licklibrary.com/

Site recheado de vídeo lessons, guitar licks em vários estilos e técnicas, assinado pelos melhores professores da atualidade. Tutoriais, BT, Jamtracks, DVDs lessons, Lickspace personalizado no site, campeonatos, guitar idols e muito mais. Confira o preview e bons sons!

Dica: Não ponha a carroça na frente dos bois, respeite os seus limites e lembre-se: a música está a cima de tudo. Use sempre  metrônomo e marque rigorosamente os tempos

Não tem metrônomo?  então   Clique Aqui

Acervo Video Lessons DVDs How To Play Guitar/Bass/Drums  (cadastro no site) gratuito

———————————————————————————————————————————————————–

Com planejamento e disciplina de dedicação, Sydnei Carvalho mostra como se organizar para aprender mais com menos esforço em menos tempo.

57 KB  |   word doc

créditos: guitarclub.com.br

———————————————————————————————————————————————————–

reupload

———————————————————————————————————————————————————–

O Cursos 24 Horas é uma empresa fundada em 2002 com a missão de possibilitar o acesso à educação de qualidade para o maior número de pessoas. Desde então já qualificou mais de 120 mil alunos de todas as regiões do Brasil.

O certificado emitido possui a mesma validade de um certificado de curso presencial e pode constar no currículo e/ou ser utilizado em Concursos Públicos, Universidades, Provas de Título, entre outros.


<><><>

P a u l   G i l b e r t ,   J o e   S a t r i a n i,  B i l l y   S h e e h a n

T.M.STEVENS  –  HEAVY AND FUNKY BASS INTRO JAM


Guitar Pro: a complete workshop for guitarists at an affordable price

 

Excelente método com notação musical e tablatura para baixo contendo centenas de exercícios de Slap .

PDF  |  6.5 MB

 

 

TONY OPPEINHEIM  EXAMPLES

How To Play Slap Bass


.

T É C N I C A    A N I M A L

Nesta vídeo-aula, Paul Gilbert faz uma abordagem sobre Two Hands and Tapping, técnica popularizada por Eddie Van Halen durante os anos 1980. É necessário já se ter um pouco de conhecimento sobre técnicas básicas de guitarra.
Paul prefere usar o dedo indicador para tocar, favorecendo um movimento para cima, para produzir o primeiro pull-off. Experimente com o seu dedo indicador ou médio, usando um movimento ascendente ou descendente.
O primeiro exemplo abaixo usa um arpejo ascendente e descendente no mesmo lick. O segundo exemplo Paul introduzir seu “Gilbertismo ‘único de tocar no quarto e quinto trastes. Isto tem um efeito sonoro de duplicação na nota B e é algo que Paul usa com grande efeito em muitos dos seus solos soando mais rápido. Observando Paul, você verá que se trata-se principalmente de coordenação, em vez de dedos ridiculamente rápidos.

Paul usa exatamente a mesma fórmula em cada uma das three-note shapes, então você deve ver o potencial de usar esta idéia em cordas e escalas diferentes. O exemplo final leva esta idéia e aplica à teoria pentatônica para tornar o som mais blues ou de rock. Uma vez que as formas (shapes) são maiores, haverá mais movimento entre as duas mãos, então começar por aprender duas ou três formas, em primeira instância, de preferência a uma velocidade mais lenta.

P A U L    G I L B E R T   –  T A P P I N G    M A S T E R C L A S S

credits video: http://www.youtube.com/user/flectz

1. Diminua o número de notas palhetadas, até ficar somente com os ligados.


1a. Substituição do dedo 4 pelo do Tapping (indicador ou médio). As notas da casa 7 e 8 são em Two Hands e a acentuação de volta merece atenção.

2b. A inclusão de um dedo 3 ou (3b) acima da última nota da digitação.

2c. Um movimento mais complexo da mão da escala.

3a.  Encarando uma tríade de “A” em uma só corda.

3b.  Numa só corda, mas com variações na mão do Tapping.

3c.  Variando a mão da escala. A corda solta “E”, facilita muito este tipo de movimento.

3d. A escala de Sol (G) em progressão.

3e. Van Hallen chapou o mundo com “Eruption” (Van Hallen 1). Experimente um trecho.

4a. Utilizando a Penta Blues na onda de Greg Howe.

4b.  A variação do início da frase pode mudar tudo.

4C.   Um lick poderoso com blue note, slide e bend:

4d. Ao estilo Paul Gilbert: Arpejo em Em7, com salto de cordas (skip string) e slide:

5a.   Exercício com escala cromática. Um bom caminho para praticar as técnicas de abafar.

5b. Duas digitações da pentatônica e dedos diferentes no Tapping, nas cordas “E” e “B”.

5c. Utilizando 3 dedos da mão do Tapping.

5d. Sincronismo de dois dedos de mãos diferentes na mesma casa. (T1 na mesma nota do dedo 3 da mão da escala; T2 na mesma nota do dedo 4).

5e. Sincronia das duas mãos, mas com um dedo a mais isolado (T4).

6a. Tríade menor. ( Cm )

6b. Tríade maior ( C ).

6c. Tríade diminuta ( Cdim ).

<><><>

Fonte: GuitarPlayer