Harmônicos Artificiais

Posted: Dezembro 28, 2010 in Técnica Animal, Técnicas de guitarra, tutoriais
Tags: , ,

Uma nota tocada no violão ou na guitarra é composta por uma mistura de vários sons de freqüências diferentes. Cada um desses sons é um harmônico. E existe uma forma de se tocar e ouvir apenas um harmônico de cada vez. Na verdade são duas formas – através dos harmônicos naturais e dos harmônicos artificiais.

<><><>

Os Harmônicos Naturais são obtidos ao posicionar o dedo indicador sobre qualquer corda, em cima do sétimo traste, sem pressionar a corda, e a seguir palhetando a corda. Também é possível tocar harmônicos naturais sobre o quinto traste, o décimo segundo e o décimo nono traste, como no vídeo abaixo. Além desses, existem harmônicos naturais que são mais difíceis de tocar, eles ficam na terceira, quarta e nona casa.

Os harmônicos Artificiais são aqueles que são manipulados com uma palhetada especial. Eles podem ser tirados de qualquer corda em qualquer casa, mas com certeza é muito mais fácil na região do meio do braço. Há muitas formas diferentes de se conseguir um Harmônico Artificial, e com certeza é muito mais fácil com uma boa distorção.

A técnica necessária para se obter um harmônico artificial é simples, porém requer prática. Ela é dividida em dois momentos. No primeiro, você dá uma palhetada normal na corda desejada – procure fazer o movimento mais curto possível. No segundo momento, você gira levemente a mão que está segurando a palheta para que a lateral do seu polegar encoste na corda, abafando-a levemente.

Aos poucos você irá descobrir que para cada nota que você palhetar existe uma posição certa na corda para atingir com a palheta. Essa posição geral mente é entre os captadores, e elas podem estar mais próximas da ponte ou do braço da guitarra.

É interessante notar também que você pode obter diferentes sons para uma mesma nota através dos harmônicos artificiais. Funciona da seguinte maneira: Escolha uma nota, e mantenha seu dedo fixo nela; por exemplo, a nota lá na quarta corda, sétimo traste. Agora aplique um harmônico artificial exatamente entre os dos captadores. E então experimente aplicar o harmônico artificial entre outras regiões da corda.

Essa técnica é muito utilizada por Eddie Van Halen, o guitarrista que tornou os harmônicos, tanto os naturais quanto os artificiais, tão populares no rock.

Muitos guitarristas de todos os estilos usam os harmônicos. Porém, alguns exploraram essa arte com mais profundidade. Eles são Eddie Van Halen, Zakk Wylde, Steve Vai, Steve Morse, Joe Satriani e Dimebag Darrel.

Existe ainda uma nova forma de se obter harmônicos artificiais, que é muito fácil, mas não tão comum. E o bom dela é que é muito legal de se fazer, e é possível também tirar sons bem distintos da sua guitarra.

Pressione o dedo sobre a segunda casa da quinta corda com uma mão, e com a ponta do dedo indicador da outra mão bata rapidamente sobre o sétimo traste da mesma corda. Essa é apenas uma das muitas combinações possíveis. Você pode experimentar segurar o dedo sobre outra nota, e bater com o outro dedo em outra casa também. Por exemplo, experimente apertar o dedo no quinto traste, e com o indicador da outra mão acertar rapidamente o décimo segundo traste.

O que há em comum entre todas as espécies de harmônicos tocados na guitarra? Simples. O princípio aplicado é sempre o mesmo. Em todos eles você está dividindo o comprimento da corda em frações. Por exemplo, quando você toca um harmônico natural sobre a décima segunda casa de qualquer corda, o que você está fazendo na verdade é dividir o comprimento da corda em duas partes exatamente iguais!

Você pode dividir a corda em quantos pedaços você quiser. Por exemplo, para dividi-la em três pedaços iguais, basta posicionar o seu dedo sobre o sétimo traste e tocar a corda. E, como ela foi dividida em três, existe mais uma posição que fornece o mesmo harmônico – o décimo nono traste.

O mesmo funciona para os harmônicos artificiais. Apenas a forma que eles são obtidos é diferente. No harmônico natural, nós colocamos o dedo de uma mão sobre uma posição e palhetamos a corda com a outra mão. Com o harmônico artificial, nós fazemos os dois ao mesmo tempo, e com a mesma mão. Primeiro palhetamos a corda, e imediatamente depois colocamos a borda do dedo polegar da mesma mão sobre a posição desejada.

Créditos bibliográficos desta matéria: GuitarCoast.com


tamanho de corda

harmônico traste nota intervalo
1/2 12º Mi otava
1/3 Si+2 c. quinta perfeita
2/3 19º Si+2 c. quinta perfeita
1/4 Mi oitava
1/5 4º – mm Sol#-14 c. terceira maior justa
2/5 9º – 5mm Sol#-14 c. terceira maior justa
1/6 3º+5mm Si+2 c. quinta perfeita
1/7 3º – 1cm Ré-31 c. 7ª menor harmônica
1/8 3º – 2,2cm Mi Oitava
1/9 2º+1,3mm Fá+4 c. 2ª maior justa
1/10 10º 2º – 6mm Sol# – 14 c. terceira maior justa
1/11 11º 2º – 1,2cm Fá – 39 c. 4ª pouco aumentada
1/12 12º 2º – 1,7 cm Si+2 c.

quinta perfeita

Nota: «4º – 4mm» significa «entre 3º e 4ª trastos, a 4 mm do 4º»; «2 + 1,3mm» significa «entre 2º e 3ª trastos, a 1,3 mm do 2º».

Nota sobre cents: Para medir o tamanho dos intervalos de um modo que corresponda à sua percepção pelo ouvido humano (que tem uma resposta logarítmica) usa-se uma unidade chamada cent que é 1/100 de um meio-tom da escala de temperamento igual. O limiar de distinção do ouvido humano é de cerca de 2 ou 3 cents. Uma oitava corresponde a 1200 cents. A partir do valor de um intervalo representado por uma fracção n/d, o seu valor em cents é calculado usando a expressão 1200 log (n/d) /log 2.   fonte: planetaclix.pt

Leia tambem: O som e os Harmônicos

H A R M Ô N I C O S   A R T I F I C I A I S   – ..B Y ….A  L  A  N     M  A  T  O  S

veja mais em: http://alanmatos.studiosol.com.br/

Lick Library – contributor Danny Gill demonstrates

Eis alguns harmônicos combinados com uma simples progressão I-IV-V acordes em E. Confira como os harmônicos se encaixam sobre cada acorde.

             

continued

<><><>

12 Bar Blues using Harmonics

<><><>

Escreva sua reposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s