CAGED ou SISTEMA 5 – por Ramon Domingos

Posted: Abril 13, 2012 in Artigos, Tecnicas de Guitarra
Tags: , , , , , , ,

NOVO COLABORADOR DO  BLOG

A cada dia que passa percebemos o maior número de acessos e de utilizadores interessados pelo nosso blog e pelos artigos que escrevemos. Para manter este blog exige muito trabalho e dedicação dos seus administradores e nem sempre é possível manter a frequência das postagens de novos artigos. É nesse sentido que convidamos o guitarrista e instrutor Ramon Domingos, que assinará uma coluna no blog, mantendo-o atualizado sobre as técnicas de guitarra, que é seu foco principal. Na primeira matéria sugerimos ao Ramon que falasse sobre CAGED ou Sistema 5, porque é um assunto que nos interessa muito, portanto, vamos fazer uma abordagem completa para que possamos compreender ainda melhor este sistema. aguardem novas e variadas matérias sobre este assunto.

<><><>

Ramon Domingos é guitarrista profissional da cidade de Americana- SP, região de Campinas, eu tem um blog direcionado aos guitarristas (www.guitartechnical.blogspot.com) é colunista em alguns outros sites e desenvolve métodos de ensino para guitarra, toca em uma banda de rock clássico fazendo vários shows pela região, e atualmente está finalizando uma pré produção de um primeiro album instrumental de sua autoria, é professor de guitarra na cidade de Americana – SP, lecionando em uma escola local. Bem vindo Ramon!

<><><>

<><><><><><>

Fala Pessoal!! Tudo Ok!!!

Antes de mais nada gostaria de me apresentar… meu nome é Ramon Domingos, sou guitarrista profissional leciono, e toco em bandas aqui na minha cidade, (Americana-SP)estou estreiando hoje minha coluna aqui no Blog do Mano, para começar trago à vocês um assunto muito interessante e que facilita muito o entendimento e a visualização de acordes, escalas e arpejos, começaremos nossos estudos falando sobre o CAGED.

O CAGED, ou Sistema 5, consistem em aproveitar os shapes, já conhecidos desses três elementos citados anteriormente para encontrar outros, usando o próprio shape, só mudando as localizações.

Vamos organizar um pouco o pensamento, separar os elementos e analisar caso à caso, primeiramente os acordes, onde acredito que o CAGED seja mais efetivo.

Ah!!! Antes de tudo, o que viria a ser CAGED, esse nome tosco, parte disso aqui:

C = Dó

A = Lá

G = Sol

E = Mi

D = Ré

Entenderam?? Logicamente iremos trabalhar com os desenhos dos acordes dessas respectivas notas, Legal, Já entedemos o nome, o que consiste, como consiste, agora vamos ao modo prático… como iremos usar esse conceito de CAGED, podemos até considerá-lô uma regrinha básica, dessas que aprendemos na escola, hehehe o entendimento deles é muito próximo, enfim… voltando ao assunto, todos os desenhos dos acordes, seja eles quais forem parte disso, então o que vai acontecer aqui, você irá usar o desenho do Acorde de Dó por exemplo e ir descendo ao longo do braço, mirando as tônicas desejadas para ter outros acordes, da seguinte maneira, pegue sua guitarra, violão, piano, cavaco, seja lá qual for seu instrumento… hahahah.. monte o nosso querido Dó Maior, rolou ae? Perfeito! É isso que vamo precisar, no momento você está com o Dó Maior feito ae, legal! Agora inverta os dedos ponha uma pentana na casa dois e faça o mesmo acorde de modo que sua tônica será a nota Ré, toque essa bagaça.. viu voçe tem um Ré Maior no desenho de Dó.. isso é CAGED você usar um desenho para ter vários acordes, pulando um tom desse Ré que você está segurando você terá um Mi Maior, andando meio tom um Fá Maior, andando mais um tom um Sol Maior, e assim por diante, até você oitavar o Dó na décima quinta casa…

<><><>

Vamos ao Lá, monte o Lázão na guita ae.. beleza pestana na casa dois e manda o acorde para a casa quatro.. Pô! Meu mas aqui eu tenho o Si Maior!!! Sim.. aí você tem o Si Maior, um acorde que estudamos lá no começo, antes mesmo de aprender o CAGED, então muitas vezes a gente já até faz ele, mas ainda não tem o entendimento sobre… foi o que aconteceu comigo, eu fui aprender o CAGED, na verdade não aprender né mas entender, por que não tem muito o que aprender, acredito que o CAGED é uma expansão do raciocínio que você já tem de um determinado assunto, porém ainda não aprendeu a usá-lô, enfim.. fui aprender usar essa idéia muito tempo depois,então eu já conhecia vários acordes, pelo modo decorativo (péssimo modo) vi que atráves do CAGED poderia ter menos perda de tempo e mais acordes na mão, e assim por diante, voltando no Si, meio tom pra frente você tem o Dó Maior, mais um tom o Ré Maior, mais um tom o Mi e assim vai indo até oitavar o Lá na décima segunda casa…

Depois você tem o Sol, essa formação é meio indigesta poucos usam… mas vamos lá.. mesma idéia.. monte o Sol Maior.. pestana na casa dois, inverta a digitação do acorde e tônica na casa cinco.. você tem um Lá Maior no desenho de Sol… Só não vai se empolgar e começar a tocar Luan Santana heenn!!! Heheheh.. por que todas as músicas desse mané começam por Lá.. hehehe!!! Depois nesse Lá que você está segurando mais um tom você tem um Si, mais meio tom você tem um Dó, mais um tom um Ré… você irá oitavar no Sol na décima quinta casa.

Depois temos o Mi… formação muito interessante, da qual costumamos usar bastante.. aí na sua guitarra forme o Mi Maior.. beleza! Inverta o desenho do acorde, pestana casa um e faça o acorde, você terá o pesadelo dos iniciantes.. o Fá Maior, mais um tom Sol Maior… mais um tom Lá Maior.. cuidado com o Luan Santana!!! Hahaha!! Mais um tom Si Maior, mais meio tom Dó maior e assim segue a sequência até oitavar na décima segunda…

Por fim o Ré.. monte o Rézão ae.. velho amigo dos seus primórdios na música…. mesma regra.. pestana na casa 2 inverte o acorde e você terá o Mi Maior.. desenho de Ré.. mais meio tom você terá o Fá.. e assim segue a idéia.

<><><>

O CAGED nos acordes funciona dessa maneira, aqui preferi usar as tríades maiores, mas funciona para qualquer acorde seja ele maior, menor, diminuto, aumentado, tríade ou tétrade e até mesmo algumas possíveis extensões que sempre encontramos por aí… É isso ae galera agora veremos pela escala…

O CAGED na escala, acredito eu que não funcione tão bem por que ele se restringe aos cinco modelos do próprio CAGED, quando você pensa em uma Escala Diatônica por exemplo você acaba perdendo notas e shapes por aí.. mas funciona da mesma maneira. Você terá um modelo de escala que corresponderá ao Dó, outro ao Lá, outro ao Sol, outro ao Mi e outro ao Ré, e aí é só sair tocando os.. quando você quiser em Ré você sobe um tom, em Mi mais um tom e assim por diante, de certo modo você cai naquele velho esquema de transposição de escalas que já conhecemos, por isso que acredito que o CAGED na escala não seja tão efetivo, pensando a escala e considerando que cada nota da escala é a tônica de um shape você aproveitará mais os shapes e ainda terá mais shapes, pois você considera a escala como um todo, mas como o CAGED na escala existe está aí ele…

<><><>

Agora finalizaremos o raciocínio nos arpejos.. a mesma coisa, porém vamos considerar das cinco possíveis digitações apenas três que são as mais usadas e que possuem as melhores digitações, você irá arpejar nos modelos de Dó, Lá e Mi, temos o Sol e Ré sim… porém são digitações muito indigestas que não trazem muitos benefícios na hora de tocar….

Então digitação do arpejo no desenho de Dó.. você pode fazer esse modelo em qualquer lugar sendo válido para todas as possibilidades, maiores menores diminutas, aumentadas, com sétimas e tudo mais. Pegando o desenho da tríade maior toque o na casa cinco.. você terá um arpejo de Ré Maior… duas casas a frente você terá em Mi Maior e assim por diante, igualzinho aos acordes.. no modelo de Mi.. na décima segunda casa você terá o próprio Mi Maior… meio tom pra frente Fá maior um tom para frente Sol Maior e assim vai seguindo o raciocínio… e por último o desenho de Lá na quinta casa… tocando esse modelo você tem um Ré Maior, mais um tom um Mi Maior, mais meio tom um Fá Maior e assim por diante… É isso vale lembrar que essa idéia não se restringe aos maiores só os usei para dar um exemplo a regrinha aí serve para todas as formações de tríades e tétrades…

<><><>

<><><>

Enfim é isso… agora..Considerações Finais!!!

Acredito..e frizei ao longo do post que o grande efetivo do CAGED seja em cima dos acordes, por duas razões você acaba tendo na mão uma gama de acordes, sem ficar dependendo de decoréba… você tem apenas cinco modelos que lhe darão um universo em forma de acordes.. segunda razão é saber usar essa gama de acordes que você agora já ‘descobriu’ o lance aqui é aproximação… nimguém aqui gosta de ficar pulando feito um canguru ao longo do braço para encontrar um acorde desejado… por exemplo se você está em um Si sétima casa.. modelo de Mi e depois precisa pegar um Dó.. é muito mais fácil você manter o modelo e arrastar meio tom para frente do que mudar totalmente a formação do acorde e cair pra casa três.. uma outra situação você tem esse mesmo acorde… Dózão no modelo de Mi e precisa pegar um Fá… (situação que ocorre muito, pois muitas músicas são formada na idéia do I IV V) logo abaixo no modelo de lá você tem um Fá… na mesma casa… muito melhor do que recorrer ao Fá da casa um no modelo de Mi, que é o mais comum.. então em termos de acorde o CAGED é maravilhoso… ele pega aquilo que você já sabe e expande seu raciocínio… simplificando muito no modo prático, evitando os saltos para pegar aqueles acordes que são os mais usados e conhecidos.. então você sem precisar decorar nada acaba tendo uma punhado de acordes na manga.. agora é só saber usá lô…

Nas escalas não considero a CAGED muito legal… porém isso é minha opinião viu galera!! Apenas meu modo de ver as coisas, pode ser que para outros as coisas não funcionem assim… por que você acaba perdendo notas e shapes e isso na hora da improvisação acaba fechando muito o raciocínio.

No Arpejo o CAGED funciona da seguinte forma se encaixando muito na idéia de transposição você aprende os shapes… e os transpôe.. e isso é CAGED!

ROCK!

article source:        www.guitartechnical.blogspot.com

<><><>

Comentários
  1. mariano diz:

    obrigado pelo carinho e atenção em me enviar este magnifico assunto um abraço a todos do blog e que o Ramom Domingos seja bem vindo

  2. Lucas diz:

    muito bom!! bem vindo!

  3. Marcel Nery diz:

    Valeu pelas dicas, vc saiu do trivial e passou uma idéia para a aplicação na prática do CAGED! Um abraço!

Escreva sua reposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s