Archive for the ‘Técnicas – Guitarra’ Category

JAZZ STANDARDS – BLUE BOSSA

O compositor de “Blue Bossa”’, Kenny Dorham, tocou trompete com alguns dos maiores nomes do jazz incluindo Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Lionel Hampton, Art Blakey, Joe Henderson e Max Roach em uma carreira a partir de 1940 a 1960. Ele gravou vários álbuns como líder, o período mais aclamado sendo suas sessões Blue Note de ’61-’64. Bem como um solista realizado, Dorham foi também um ótimo compositor e esse standard foi o seu feito mais famoso. Ele morreu em 1972. Neste estudo, estaremos ampliando nossos horizontes na seção rítmica, melódica e no campo harmônico com a clássica ‘Blue Bossa” escrita por Dorham Kenny.

(mais…)

Anúncios

Guthrie Govan Licks

Guthrie Govan foi o guitarrista eleito pelo Guitarist Magazine’s “Guitarrista do Ano”. Guthrie tocou na banda Asia entre 2001 e 2006. Guthrie Govan é conhecido pela sua virtuosíssima técnica e por seus anos como professor de guitarra e pelo seu bom humor. Ele costuma interagir com o público e fazer piadas durante suas apresentações. (wikipedia). Abaixo um exercício com video tab e áudio que faz parte do seu DVD “Blues Jam-Tracks” para acrescentar ao vocabulário. Divirta-se!

(mais…)

Metal Bootcamp series – Sweeping part 3

Com o mesmo movimento abrangente de mãos e palhetadas que nós olhamos ao longo das duas últimas colunas, enquanto todos os elementos descendentes são em (hammer-on) martelados usando a técnica de “tap” com a mão da escala (fretting hand tap), muitas das formas são também extendidas no intervalo com a adição de “tapping” que são executados com o segundo dedo, a palheta realizada como de costume. Esta combinação permitirá um som “legato” com base na técnica mais “convencional” que estudamos nas úlima matérias desta serie, e vai dar um efeito quase syntetiser com suas linhas de “arpeggio”. A vantagem é que a mão direita pode estender os arpejos sem a restrição da necessidade de voltar para pegar a próxima nota descendente na subida. Isto significa que podemos usar o “Sweep Picking” em toda a área do instrumento, com a mão direita executar o sweep, que por sua vez, dará um tom muito quente e suave.

(mais…)

Metal Bootcamp series – Sweeping parte 1
Nesta serie, nos alistaremos com o “Sargento Martin Golding” e aprenderemos a varrer [sweeping] o seu caminho através do território inimigo, e com isso certamente você se tornará um solista de metal mais proficiente …
Apeggio Playing”. Esta técnica foi destaque em 1984 com a Força incrível de estréia nascente do pioneiro do Neo-Classical metal “Yngwie J Malmsteen”. Este estilo de tocar guitarra nasceu do amor de Ynwgie pela harmonia clássica do virtuose do violino “Nicolo Paganini” e do compositor “JS Bach” citados como influências ao lado de lendas do rock “Jimi Hendrix,Jon Uli Roth e Ritchie Blackmore”.

(mais…)

  • Metal Bootcamp Series – Shred Legato level 4

Ao longo dos últimos três meses temos de forma gradual e progressivamente construído nossas habilidades em torno da técnica de “legato 1/2 roll básico” até chegar ao mais complexo “legato full roll” estilo de som, antes de integrar “slides“, a fim de desenvolver a capacidade de navegar livremente pelas sete posições de “A Dorian mode” (o segundo modo em Sol maior). O objetivo foi o de desenvolver força, resistência e precisão na “fretting hand” (mão da escala),consolidando nossa visualização da escala em todo o braço, para que possamos desenvolver um vocabulário de licks e conceitos escalares para usar em nossa improvisação.

(mais…)

SATCH BOOGIE – Álbum Surfing With the Alien (1987)
Para comemorar o aniversário de 25 anos de “Surfing With the Alien”, um clássico da guitarra instrumental de todos os tempos e tocar junto com um backingtrack feito sob medida, trazemos a transcrição de “Satch Boogie”. Richard Barret (guitar instructor de GT Magazine) é o seu guia interplanetário … portanto coloque cordas novas  e boas palhetadas!

(mais…)

Sweeping  & Arpeggios

Sweep Picking pode ser muito musical. Pode ser tocado de forma lenta ou rapidamente para cobrir grandes áreas do braço de uma vez. Tente aprimorar seus arpejos em torno do sistema CAGED. Quando você estiver confortável com ambas as formas maiores e menores avançar para outros tipos comuns de arpejo: Sétimas, sétimas menores, sétimas dominantes, B5, diminutas, etc…. Estes não são tocados como um exercicio de velocidade.

(mais…)

ECONOMY PICKING

A regra simples que garante o máximo de economia quando usamos a palheta em um solo é: Mova sempre a palheta diretamente a cada nova seqüência. Em outras palavras, sempre se mover de uma seqüência de uma corda grave para uma corda fina com um down-stroke, e vice-versa.
A fim de fazer seguir esta regra, você precisa ser capaz de usar ambas as técnicas: “Alternate Picking” e “sweep picking” é a maneira mais econômica de tocar mais de uma nota na mesma corda, e envolve uma alternância entre down-strokes e up-strokes (e os diferentes downs e up-strokes para cada nota). Sweep picking é uma técnica que envolve escolher mais de uma nota com um único golpe contínuo da escolha. Isso só pode ser feito quando mudar de corda para corda.

(mais…)

DESLOCAMENTO RÍTMICO

A demostração deste exercício desafia o cérebro mais do que os dedos, já que apresenta alguns licks muito convencionais em contextos rítmicos não convencionais. O truque é estar ciente do andamento básico da música, que está em pulse  4/4, embora a parte da guitarra integra grupos de três, cinco e sete notas em semicolcheias.

  • Síncope – quando uma nota é executada em tempo fraco ou parte fraca de tempo e se prolonga ao tempo forte ou parte forte do tempo seguinte. A síncope é regular quando as notas que a formam têm a mesma duração. É chamada de irregular quando suas notas têm durações diferentes.
  • Contratempo – quando a nota soa em tempo fraco, ou parte fraca de tempo, sendo antecedida, isto é, tendo no tempo forte ou na parte forte do tempo, uma pausa. (wikipedia)

———————————————————————————————————————————————————–

Esta transcrição elaborada por Guthrie Govan (GT Magazine1999 Spring)  se concentra em idéias polirrítmicas e deslocamento rítmico. Não são apenas as notas que fazem um riff, mas o modo como você executa-as. Coloque-as cuidadosamente , que no produto final será um riff com uma nova sensação …

Isso pode ser um pouco confuso no início, mas o benefício disso tudo é que você faz o lick ficar menos previsível: as notas continuam as mesmas, mas elas estão tocando em 4°s e 3°s tempos da velocidade original e isso dá a linha de um funk, um sabor interessante que ele nunca teve em sua versão original .

(mais…)

Em 18 de Setembro fez o 40 º aniversário da trágica morte de Jimi Hendrix. Muito mais do que apenas o homem que é amplamente considerado como o maior guitarrista de todos os tempos, James Marshall Hendrix foi um explorador sonoro, um performer ultrajante e uma força cultural. Abaixo o Pack contendo este exercício em  PDF, tab para GuitarPro, e áudio em mp3 ( nota por nota) para  escutar como deve soar essa música na guitarra. Boas palhetadas!

GuitarPro Tab | PDF | mp3 | 3,6 MB | RAR

Fonte: Guitar Player Magazine


Um passo a passo com o estilo e técnicas deste que foi um dos maiores de todos os tempos. Este pack livro/audio  oferece um exclusivo e completo exame de doze das composições maiores de Hendrix. Cada segmento de música é apresentado com todas as partes de guitarra totalmente transcritas, além de acompanhamento de áudio em MP3, como realizado por uma banda completa. Excelente para aprender alguns truques e  estilos usados por Jimi ao tocar suas músicas. Este livro é uma obrigação para qualquer guitarrista. Todos os solos, bem como suas complexões rítmicas, também são executadas lentamente para facilitar a compreensão e digitação. Notas de desempenho, delineando chord voicings, escala de uso e técnicas incomuns são incluídas para cada canção. Canções incluem: Foxy Lady, Hey Joe, Little Wing, Purple Haze e muito mais.

By Andy Aledort

PDF  |  mp3  | 117,63 KB MB  | RAR