Cracked “Whole Lotta Love”
Abaixo 10 licks Jimmy Page  signature  (essenciais) que poderão ser incorporados  facilmente ao seu próprio estilo de tocar… Todos os exercícios estão na tonalidade sempre popular de “E”, mas você será fortemente encorajado a experimentá-los em outras tonalidades pelo braço da guitarra e alterá-las ao redor, o que poderia afetar a forma como você digitá-los e sugerir suas próprias variações.

———————————————————————————————————————————————————–

F U L L     T R A C K S

                                  

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 1a

Este é um bom exemplo de “escala em sequência” – Em outras palavras gerando-se um lick, aplicando patterns matemáticos para uma escala. Aqui, começamos com “Em” pentatônica com as notas dispostas em grupos descendente de três, cada grupo começando uma nota menor do que seu antecessor.
Este lick é um grande exercício em si – Observe que com uma combinação de notas escolhidas e pull-offs para o efeito mais fluido quando tocada em altas velocidades.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 1b

Eu não poderia deixar chamar isso de Lick 2, porque é tão muito semelhante ao que você acaba de tocar no lick 1a .. anteror – A forma como Jimmy Page alterna os legatos e notas escolhidas cria um efeito rítmico interessante, embora mais uma vez, você poderia considerar tudo isso como um exercicio de técnicas …

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 2

Maior parte deste lick tipicamente consiste em tocar três notas repetidas vezes, mas não soa monótono porque incorpora deslocamento rítmico. Em outras palavras, cada batida é de quatro notas longas de semicolcheias , mas o pattern que você está tocando dura apenas três semicolcheias; Cada vez que se repete é a partir de um ponto diferente em relação ao pulso da música.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 3

Aqui está mais rápido, pois é um  lick de repetição ritmica. É um pouco mais simples do que o último, mas o pattern é mais difícil de desempenhar com precisão, é aconselhável praticar e  repetir cada parte do lick individualmente antes de amarrar a coisa toda em conjunto.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 4

Este lick começa com a escala pentatônica maior – No primeiro compasso da para sentir quase um country style – Antes de passar para o território da escala de blues standard  no segundo compasso. Aliás, se você quizer saber um pouco mais sobre esta terminologia de escala, você pode verificar em “Blues Mutation” postado aqui, que cobre todo o jargão relevante em muito mais detalhes.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 5

De volta a boa e velha pentatônica menor – Mas note a adição da terceira maior (G #) na seção de tercinas. A terceira maior soa um pouco estranha quando é enfatizada a este ponto e os conflitos na tercina podem ser sentidos com o pulso principal da música, mas você não deve pensar nisso como “errado” – Ele cria tensão, o que forma o release no final do lick.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 6

Este lick realça um JPage signature típico – A utilização de (Big Bends), bends extraordinariamente amplos. Note que cordas leves são ideais para grandes bends, apesar de oferecerem menos tom, volume e estabilidade de sintonia do que calibres mais pesados. Se você tiver problemas com os bends de até dois tons na corda B (compasso2) use o seu dedo anelar para ajudar, você pode tocá-lo com seu dedo médio e talvez até o seu limite.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 7

Vamos dar o pontapé inicial com outro lick de repetição. O verdadeiro ponto de interesse aqui, entretanto, é o movimento da sequência de B no segundo compasso, a idéia é alternar entre a nota do bend (A) e o normal” (G), usando a palheta para silenciar a corda sempre que está usando o bend ou liberado. Se você não silenciar a corda durante estes momentos, os resultados podem parecer um pouco enjoados  e desagradáveis!

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 8

Esta matéria foi extraida de GT Magazine December 2001 e o nosso guia é Phil Hilborne  (guitar instrutor) que sugeriu este presente como esta edição que postamos aqui – É para mim um dos mais conceituados Magazines sobre guitarra do planeta! Este lick está em algum lugar ao longo das linhas do “Stairway To Heaven” licks, e a chave para fazê-lo funcionar está no tempo dos bends – Requer um pouco de atenção no objetivo de dobrar (bend) e soltar as cordas  ritmicamente para que a sextinas de semicolcheias realmente fluam sem perder o timing.

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 9

Embora este seja um Jimmy Page típico, é também conhecido como  “Alvin Lee lick“, em homenagem ao herói da guitarra 335-toting de “Ten Years After”. Você pode ouvir também idéias semelhantes na faixa Mr Big track, “Addicted To That Rush” então eu acho que o lick é de ninguém para a tomada! De uma perspectiva teórica, estamos usando uma escala de blues com Em e added2:

———————————————————————————————————————————————————–

  • Lick 10

Este lick final é principalmente baseado na pentatônica maior, mas as últimas quatro notas derivam da pentatônica menor, a batida 2 deve lembrar da figura do  lick 9, lick rápido de repetição. O mais difícil aqui é a coisa mudar de posição na batida 3; Ajuda se você usar o traste do F # (que leva ao slide) com o segundo dedo, garantindo uma posição confortável e prática da mão quando você chegar até o12 º traste.

Article source: GT Magazine December 2001

Comentários
  1. Dias diz:

    Post após post, lhe dou os parabéns ! Valeu !

  2. Carlos diz:

    MARAVILHA, muito bom

  3. Excelentes frases para desenvolvimento na escala pentatônica. Muito bom!

  4. Rodrigo Salles diz:

    Excelente blog, muito material, parabens! /,,/

  5. Jv Ferro diz:

    o Jimmy Page nao usa escala maior?

  6. Adm diz:

    Usa muito sim,O exemplo 4 começa por uma escala maior.

  7. 30wattz diz:

    Alguém conseguiria me responder como conseguir um timbre e sonoridades parecidas com a que agente escuta nos licks acima? Sera que é com pedals fuzz “Tone Bender”, eu não! sei alguém conseguiria me informar?

  8. Adm diz:

    Aqui o link para o setup usado nesta lição: http://floripaideias.netii.net/Guitar_Techniqes_December_2001.pdf está em inglês mas pode ser facilmente traduzido pelo Google Translate. abs

    Em 15 de fevereiro de 2013 15:28, Blog do Mano

  9. 30wattz diz:

    Muito obrigado, eu consegui algo bem parecido com o que queria, no seu site se encontram outros licks como os vistos acima, mas só que do David Gilmour ou de outros. Da mesma maneira que os colocados no tópico do Jimmy Page?

Escreva sua reposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s