Posts Tagged ‘sweep picking’

Larry Carlton style

Guthrie Govan é um dos guitarristas mais versáteis da atualidade. Sua vasta gama de influências e técnica impecável lhe permitiu desenvolver o que parece ser uma capacidade ilimitada de se adaptar a qualquer estilo de música, durante todo o tempo em que mantém sua sonoridade própria e distinta de fusion. Abaixo uma super video- lesson com tab e BT em um improviso muito cool pra você praticar e depois aplicar ao seu vocabulário. Divirta-se!

(mais…)

Anúncios

FRANK GAMBALE TECHNIQUE – ECONOMY PICKING

A quarta e última parte desta série sobre a Sweeping Technique aplica-se a fórmula três-notas-por-corda para digitação no campo modal. Isto é comumente conhecido como “Economy Picking” e foi desenvolvido a partir dos anos 70 pelo jazz-rock virtuoso Frank Gambale, que ganhou reconhecimento por sua incrível técnica no início dos anos 80, enquanto estudava na GIT, quando elaborou o famoso livro “Speed Picking” (1985). Antes Gambale, executando sweeps através de sequencias como eram feitos aqui e ali por guitarristas de jazz e rock tendiam a fazer licks específicos, enquanto Gambale apresentou um sistema totalmente desenvolvido e técnica completa para a execução de escalas e arpejos com a máxima eficiência.

(mais…)

Metal Bootcamp series – Sweeping part 3

Com o mesmo movimento abrangente de mãos e palhetadas que nós olhamos ao longo das duas últimas colunas, enquanto todos os elementos descendentes são em (hammer-on) martelados usando a técnica de “tap” com a mão da escala (fretting hand tap), muitas das formas são também extendidas no intervalo com a adição de “tapping” que são executados com o segundo dedo, a palheta realizada como de costume. Esta combinação permitirá um som “legato” com base na técnica mais “convencional” que estudamos nas úlima matérias desta serie, e vai dar um efeito quase syntetiser com suas linhas de “arpeggio”. A vantagem é que a mão direita pode estender os arpejos sem a restrição da necessidade de voltar para pegar a próxima nota descendente na subida. Isto significa que podemos usar o “Sweep Picking” em toda a área do instrumento, com a mão direita executar o sweep, que por sua vez, dará um tom muito quente e suave.

(mais…)

Metal Bootcamp series – Sweeping parte 2
Vinnie Moore, Paul Gilbert, Jason Becker e Marty Friedman, que dominaram a cena a partir de meados dos anos 80 em diante. Influenciados inicialmente por instrumentos como o violino e flauta, o arpeggio playing se tornou uma marca registrada deste estilo de tocar guitarra novo e excitante, fornecendo muitos desafios técnicos para os guitarristas de rock. Vamos definir uma rotina de prática para permitir o desenvolvimento da técnica de arpejo e sweeping, expandindo as formas de três cordas do último estudo para incluir as formas completas de cinco e seis cordas. Existem três formas que você vai ver nos diagramas do braço da guitarra: para maior, menor e diminuta, e cada um é uma inversão diferente e posição da mesma tríade básica. Essas formas deverão também serem visualizadas em todo o sistema CAGED, relacionando cada tríade para sua corda de hospedagem.

Execute estes exercícios com precisão militar para o sargento Martin Goulding por 0500 horas ou você vai ter que esfregar as latrinas com uma escova de dentes!

(mais…)

Metal Bootcamp series – Sweeping parte 1
Nesta serie, nos alistaremos com o “Sargento Martin Golding” e aprenderemos a varrer [sweeping] o seu caminho através do território inimigo, e com isso certamente você se tornará um solista de metal mais proficiente …
Apeggio Playing”. Esta técnica foi destaque em 1984 com a Força incrível de estréia nascente do pioneiro do Neo-Classical metal “Yngwie J Malmsteen”. Este estilo de tocar guitarra nasceu do amor de Ynwgie pela harmonia clássica do virtuose do violino “Nicolo Paganini” e do compositor “JS Bach” citados como influências ao lado de lendas do rock “Jimi Hendrix,Jon Uli Roth e Ritchie Blackmore”.

(mais…)

Metal Licks serie II

A música de fundo destes exercícios é um rock Groove genérico  em “D” no modo Dorian e a velocidade é de 120 bpm. Você vai ouvir cada lick duas vezes; inicialmente à meia velocidade e, posteriormente a todo tempo. Estes licks podem ser difíceis de tocar a toda velocidade, mas todos eles trabalham em uma variedade de ritmos, bastando para isso adaptá-los.

(mais…)

Sweeping  & Arpeggios

Sweep Picking pode ser muito musical. Pode ser tocado de forma lenta ou rapidamente para cobrir grandes áreas do braço de uma vez. Tente aprimorar seus arpejos em torno do sistema CAGED. Quando você estiver confortável com ambas as formas maiores e menores avançar para outros tipos comuns de arpejo: Sétimas, sétimas menores, sétimas dominantes, B5, diminutas, etc…. Estes não são tocados como um exercicio de velocidade.

(mais…)

ECONOMY PICKING

A regra simples que garante o máximo de economia quando usamos a palheta em um solo é: Mova sempre a palheta diretamente a cada nova seqüência. Em outras palavras, sempre se mover de uma seqüência de uma corda grave para uma corda fina com um down-stroke, e vice-versa.
A fim de fazer seguir esta regra, você precisa ser capaz de usar ambas as técnicas: “Alternate Picking” e “sweep picking” é a maneira mais econômica de tocar mais de uma nota na mesma corda, e envolve uma alternância entre down-strokes e up-strokes (e os diferentes downs e up-strokes para cada nota). Sweep picking é uma técnica que envolve escolher mais de uma nota com um único golpe contínuo da escolha. Isso só pode ser feito quando mudar de corda para corda.

(mais…)

CHROMATIC PASSING NOTES

Eis aqui uma linha de jazz que segue numa progressão llm V (Gm9/C13), bastante utilizada em diversos eventos. Bom para o desenvolvimento técnico harmônico e melódico. Livremente baseada na escala de Gm7 Dorian, com notas de passagem cromática, resultando num sofisticado e autêntico bebop line à la George Benson signature. Use com palhetada alternada, exceto para alguns legatos ocasionais e passagens de sweep picking. Comece devagar e exercite a seu modo começando por 70 bpm até atingir a marca de 140 bpm  procurando manter o som limpo, bom e seguro.

(mais…)

2 5   M E T A L   L I C K S   Y O U   N E E D   T O   K N O W !

Abaixo 25 metal licks em diferentes técnicas e estilos para acrescentar à sua biblioteca de licks, matéria publicada em Guitar Techniques Winter Magazine (2004).  Acompanha áudio para ver como deve soar e Backing Track para praticar, comece devagar e pratique sempre com metrônomo. Os exercícios foram separados em grupos de cinco para facilitar.

O seguintes llicks combinam muitas das técnicas diferentes associadas com rock e metal guitar.  Os licks  foram agrupados por ordem : legato, Tapping e Sweep Picking.  Como na escala de blues depende da progressão I-IV-V, no Metal não tem qualquer fórmula set, então para efeitos do disposto na presente lição foi elaborado um riff em metal style genérico para lhe dar um ponto de referência para cada lick. Com grupos de 16 /32notas e tríades.

(mais…)